A vida moderna está repleta de hábitos alimentares pouco saudáveis: comidas congeladas, fast foods, mantimentos industrializados e outros meios de alimentação nocivos para o organismo — todos contribuem para que uma dieta desequilibrada seja estabelecida, causando prejuízos nutricionais a longo prazo.

Em decorrência disso, os suplementos alimentares surgem para complementar a dieta de atletas profissionais, praticantes de exercícios e interessados em potencializar seus resultados, manter uma alimentação saudável e obter maior qualidade de vida.

Os tipos de suplementos podem variar de acordo com a necessidade e objetivo de cada pessoa. Contudo, pode-se citar uma série de benefícios que podem ser extraídos do seu uso, desde que sejam utilizados de forma orientada e responsável. Continue sua leitura e saiba mais!

TIPOS DE SUPLEMENTOS ALIMENTARES E SEUS BENEFÍCIOS

Há diferentes contextos em que os suplementos alimentares podem exercer um papel decisivo: emagrecimento, ganho de massa magra, aumento da resistência física e recuperação muscular. Por isso, é importante conhecer os tipos mais comuns de suplementos e as suas funções. Acompanhe:

CREATINA

A Creatina é uma substância produzida naturalmente pelo corpo. Sua função é fornecer energia para o organismo durante atividades físicas intensas. Por essa razão, alguns suplementos com essa amina são comercializados para potencializarem os resultados dos treinos de resistência e atividades físicas mais pesadas. Aumento dos músculos, maior energia e força são algumas das vantagens do seu uso.

PROTEÍNA EXTRAÍDA DO SORO DO LEITE

É o conhecido Whey Protein: essa é uma das suplementações mais utilizadas e procuradas por pessoas que desejam obter um ganho muscular significativo, pois essa substância é rica em proteínas, favorecendo a criação e manutenção dos músculos.

AMINOÁCIDO RAMIFICADO

Denominado BCAA, esse suplemento é composto por Valina, Isoleucina e Leucina (aminoácidos de cadeia ramificada), que são substâncias encontradas em carnes vermelhas — mas, ao contrário da Creatina, não são produzidos pelo corpo. A função dessas substâncias é oferecer suporte à fibra muscular, favorecendo a hipertrofia, devido ao acumulo de substâncias contráteis (miosina e actina) e não contráteis (glicogênio e água) no sarcoplasma muscular.

PROTEÍNA DA CLARA DO OVO

A Albumina é outra grande aliada quando se fala em nutrição e recuperação muscular. Ela é utilizada antes e depois dos treinos. Sua atribuição é a de regenerar mais rapidamente os músculos e contribuir para a hipertrofia, pois possui elevado potencial nutricional e é facilmente absorvida pelo organismo.

É comum para atletas e frequentadores de academias a dúvida sobre o que comer antes do treino e quais suplementos utilizar nesse momento, a Albumina é uma das opções que podem ser combinadas a alimentos específicos nos pré-treinos.

CARBOIDRATO PROVENIENTE DE AMIDO DE MILHO

Ele é utilizado para retardar a fadiga e prolongar a energia, melhorando o desempenho físico. Comercialmente conhecido como Maltodextrina, sua principal contribuição é potencializar a retenção de glicose do corpo, evitando a sensação de exaustão e cansaço.

Os suplementos alimentares são excelentes ferramentas à disposição de quem deseja elevar a qualidade de vida e obter resultados superiores. Além da melhoria da força, fortalecimento do sistema imunológico e recuperação rápida, a suplementação também é uma opção quando se pensa sobre o que fazer para aumentar o metabolismo.

Contudo, cada experiência proporciona um resultado particular: por isso, deixe as suas dicas e compartilhe a sua experiência nos comentários!

Fonte: https://blog.fiturban.com.br/

News

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *